Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Stuff

"Who in the world am I? Ah, that's the great puzzle!"

Goodbye July!

Entre praia, piscina, passeios e concertos lá se passou o meu mês preferido.

Querido Julho, encontramo-nos para o ano!

 

 

1 - Passeio na Serra da Arrábida

2 - A piscina do apartamento em que fiquei no Algarve;

3 - E a vista linda que havia do apartamento;

4 - Os almoços na varanda (que saudades);

5 - Optimus Alive!

6 - Nem sei vos dizer se isto é Arctic Monkeys, Black Keys, Foster the People ou nenhum dos anteriores;

7 - Au Revoir Simone!

8 - E as meninas Au Revoir Simone vistas da 1ª fila.

 

Desejo-vos a todos um excelente mês de Agosto!

(Não sei se vou conseguir publicar amanhã porque faço anos e vou estar fora o dia todo.)

100 Happy Days - Finalmente aceitei o desafio!

Um amigo meu falou-me deste projecto ainda estávamos em Janeiro. Foi num dia em que eu estava triste e desanimada e apesar do conceito até me parecer interessante, na altura não tive paciência para olhar duas vezes para aquilo e acabei por não participar. O tempo foi passando e passando, entretanto muitas bloggers que sigo começaram o desafio e hoje decidi finalmente juntar-me ao projecto.

Em princípio vou partilhar os meus clicks diários no flickr e depois semanalmente reúno as fotografias e mostro-vos aqui no blog.

Desejem-me boa sorte e se também estiverem a fazer o 100 Happy Days partilhem as vossas fotografias comigo!

O amor pelo instantâneo

Que eu adoro fotografar e que tenho uma paixão enorme por fotografia analógica já não deve ser novidade nenhuma para quem costuma andar por aqui. Um facto que talvez desconheçam é o meu amor (igualmente gigante) pela fotografia instantânea.

Há muito tempo que sonho ter uma Polaroid nas minhas mãos, no entanto as "folhas" para a máquina são muito caras e para quem gosta de fotografar pequenos detalhes do quotidiano e leva a câmara para todo o lado como é o meu caso, fotografar com uma polaroid torna-se um hobby um bocadinho insustentável.

Assim, de há uns tempos para cá, comecei a procurar soluções mais económicas e é claro que me encantei com a prática e colorida Instax Mini da Fujifilm.

Untitled

Cheguei a pensar em comprá-la no entanto, apesar do preço não se comparar ao de uma polaroid, a verdadade é que achei o tamanho das fotografias muito reduzido. Para retratos é perfeito, mas para fotos de corpo inteiro, grandes planos ou fotos de grupo o facto de ser vertical não se adequa muito.

Assim, aventurei-me pelo site da fujifilm para ver as opções que me restavam, e foi então que dei de caras com a Instax 210.

A câmara é grande, muito maior que a instax mini, e por isso não muito prática para transportar no entanto é mais barata que a instax 8 (pelo menos na worten) e tira fotografias com o dobro da largura. Decidi então pedi-la como presente para o meu aniversário pois parece satisfazer exactamente as minhas necessidades! Fingers crossed para que esteja nas minhas mãos no final deste mês, se não é poupar para a poder adquirir :)

 

Utilizam máquinas instantâneas? Qual é o vosso modelo preferido? Contem-me tudo nos comentários!

 

Ser voluntário ✓

Como alguns de vocês sabem, este ano estive presente em todos os dias da 10ª edição do Rock in Rio Lisboa.

Porque sou rica e gosto de comprar bilhetes a torto e a direito? Naah. Porque sou uma sortuda que me oferecem bilhetes para festivais todos os anos? (Quem me dera) mas não. Porque nunca tinha feito voluntariado em eventos e inscrevi-me e espera-aí-parece-que-até-fui-seleccionada? É, parece que sim.

Como já muitos me tinham pedido (e eu também já tinha prometido) hoje venho-vos falar da minha experiência como voluntária no Rock in Rio Lisboa.

 

Be the change.

Uma das minhas frases preferidas de sempre pertence ao grande Mahatma Gandhi e é qualquer coisa como: "Be the change that you wish to see in the world."Acho que não há melhor frase que ilustre o verdadeiro significado do que é ser voluntário. Fazer voluntariado é mesmo uma experiência super gratificante. Uma das melhores sensações do Mundo é sabermos que estamos a ajudar os outros, que estamos a fazer a diferença. Talvez não em  tooodo o Mundo mas no Mundo daquele alguém, no Mundo daquela pessoa. Somos a mudança.

 

 

Life imitates art | via Tumblr

 

Passando à minha experiência pessoal:

Fui seleccionada para a área de Gestão de Público, o que significa que em termos práticos tive de:

 

- Dizer às pessoas "circule, que as entradas têm de estar livres" (não exactamente desta forma mas vocês perceberam a ideia);

- Dar pulseirinhas e preencher com os dados dos encarregados de educação para as crianças não se perderem;

- Picar bilhetes;

- Sorrir;

- Meter conversa com os coordenadores e os seguranças (opcional).

 

À partida as tarefas que fiz não parecem ser nada de especial (eu também não achei que fossem enquanto as executava) mas a verdade é que um evento desta envergadura só funciona com trabalho de equipa, com interajuda e com o empenho e vontade de todos.

Gostei muito de ter feito parte de algo tão especial. Conheci pessoas novas, aprendi bastante e ainda tive a oportunidade de assistir a muitos e bons concertos. Que mais poderia eu pedir? :)

 

Já fizeram voluntariado? Contem-me as vossas experiências!

 

Oh Olá.

Dói-me as pernas porque Optimus Alive.

Aparentemente já não sei escrever como deve de ser.

VOU TER UM TEXTO MEU PUBLICADO NUM LIVRO WHAT? Surreal, surreal.

Afinal devo saber escrever alguma coisa.

Estou a ler três livros ao mesmo tempo.

Os meus amiguinhos fofinhos que têm uma banda estão a dar um concerto hoje. Break a leg buddies ;)

A Crying Lightning não me saí da cabeça porque o concerto foi demasiado bom e porque eu amo essa música e porque sim.

É hoje que começam os saldos não é?

O avô de um grande amigo meu morreu.

O que RAIO é suposto dizer a alguém que perdeu uma pessoa que descreve como "aquele homem era-me tudo"?

Acho que nunca saberei o que é suposto dizer neste tipo de situações.

E mesmo que diga o que é suposto dizer, isso é de alguma forma reconfortante?

Não me parece.

As palavras nunca estão lá quando mais precisamos.

Facto este que já constatei há algum tempo mas que em alturas como esta me recordo.

Estão lágrimas, estão gritos, estão silêncios.

Mas palavras não.

Palavras, nunca.

É já amanhã!

2014 está a provar ser um ano fantástico até agora.

Amanhã começa mais uma edição do Optimus Alive e eu estarei presente em todos os dias do evento! Fiquei felicíssima por ter conseguido comprar o passe a tempo. O cartaz este ano está algo de outro mundo! Os artistas que estou mais ansiosa para ver amanhã são Ben Howard (can't waaaait), Imagine Dragons e Arctic Monkeys. 

E vocês, também se vão juntar à festa? :)

 

♥ | via Tumblr

 

Pág. 1/2

ABOUT ME

Sonhadora a tempo inteiro & blogger em part-time. Adora livros, antiguidades e flores na cabeça. Escreve textos pseudo-românticos quando está para aí virada. É fã de dançar ballet na cozinha e cantar no chuveiro. O seu pé direito insiste em ser torto e não há como o emendar. Nunca diz que não a uma chávena de chá.
(+ sobre mim)

DAILY LOVE

Read the Printed Word!

2017 Reading Challenge

Dizzy Lizzie has read 0 books toward her goal of 10 books.
hide

PARTNERS

WOOK - www.wook.pt

SPREAD THE LOVE!

SweetStuff