Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweet Stuff

Neste blog fala-se sobre livros, escrita criativa, ballet para adultos e muito mais.

Como Água para Chocolate de Laura Esquivel

Há muito que queria começar a fazer reviews de, pelo menos, alguma das minhas leituras, por isso, hoje venho falar-vos de um dos livros que li mais recentemente: Como Água para Chocolate da autora mexicana Laura Esquivel. Este livro é considerado um clássico do género de realismo mágico, isto é, um estilo literário que se caracteriza por misturar elementos mágicos num universo mundano. Devo dizer desde já que consomi este livro em poucas horas e a melhor palavra para o descrever é sem dúvida delicioso.

 

 

Ao longo das suas cento e setenta páginas acompanhamos a história de uma família mexicana que vive numa casa com um rancho, a par do amor da personagem principal, Tita, pela cozinha e pelo seu querido Pedro. O amor entre Tita e Pedro é um amor proibido e são muitas as vezes em que Tita sofre horrores nas mãos da sua Mamã Elena que desaprova este amor, pois este impede que uma antiga tradição de família se cumpra (não vou dizer qual é!).

 

Gostei bastante da forma como foi desenvolvida esta dictomia entre a autoridade presente na figura da Mamã Elena e da opressão militar do regime no México com a liberdade criativa de Tita na cozinha e na busca do seu final feliz. Cada capítulo começa com uma receita e os elementos mágicos surgem, frequentemente, ligados à forma como a comida afecta as emoções de quem a come. E digo-vos desde já que com ou sem magia eu acredito piamente nisso. Não me sirvam comida de quem a fez mal-humorado, porque já sei que não me vai cair bem!

 

No geral, achei a história muito envolvente, a escrita é fluída e simples, a única coisa de que não gostei tanto foi como algumas mortes que surgem no livro são contadas de uma forma, a meu ver, muito "fria", i.e. sem grande teor emocional.

 

Resumindo, gostei muito deste livro, perdoem-se se isto soar sexista, mas acho que se esta obra tivesse sido escrita por um homem não seria a mesma coisa. A sensualidade e sensibilidade com que a vida destas mulheres é descrita tem um je ne sais quoi que me encanta e que penso estar mais presente na (boa) literatura escrita por mulheres. Recomendo vivamente!

Avaliação Final:

⋆⋆⋆⋆

 Para companharem as minhas leituras basta seguirem-me no Goodreads.

2 comentários

Comentar post

SOBRE MIM

Sonhadora a tempo inteiro & blogger em part-time. Adora livros, antiguidades e flores na cabeça. Escreve textos pseudo-românticos quando está para aí virada. É fã de dançar ballet na cozinha e cantar no chuveiro. O seu pé direito insiste em ser torto e não há como o emendar. Nunca diz que não a uma chávena de chá.
(+ sobre mim)

INSPIRAÇÃO

Read the Printed Word!

2017 Reading Challenge

Dizzy Lizzie has read 0 books toward her goal of 10 books.
hide

PARCERIAS

WOOK - www.wook.pt

SPREAD THE LOVE!

SweetStuff

DIREITOS DE AUTOR

Copyrighted.com Registered & Protected 
QN4I-DSYS-H5TY-JBME