Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Stuff

Neste blog fala-se sobre livros, escrita criativa, ballet para adultos e muito mais.

As histórias por detrás dos postais

Trocar postais e cartas é algo que faço há mais de cinco anos. Só quem faz postcrossing é que percebe o entusiasmo que é abrir a caixa de correio e ter uma nova história por descobrir. É verdade, cada postal conta uma história.

 

Este que vos mostro em baixo foi-me enviado por uma rapariga ucraniana (Yanina you rule!). Sabendo que eu gostava de ballet decidiu enviar um postal com uma foto de Ninel Petrova. No verso do postal a Yanina explicou-me que Petrova foi uma das mais emblemáticas bailarinas da então União Soviética e esta foto foi tirada enquanto representava o papel de Julieta no bailado Romeu e Julieta.

 

Nem imaginam como fiquei contente por ela ter escolhido este postal. A verdade é que, fico sempre feliz quando aprendo alguma coisa sobre outros lugares e culturas através do postcrossing. E sim, esta bailarina era mesmo linda. 

 

petrova.jpg

Diário de uma Bailarina #11 | O dia em que assisti a um bailado

Foi em Dezembro do ano passado que fui ver um bailado pela primeira vez. Na altura prometi que vos contava tudo e a verdade é que fui adiando e, só hoje, quase um ano depois é que venho relatar a experiência.

 

O primeiro bailado que vi foi La Bayadère numa produção da Companhia Nacional de Bailado. Este bailado, passado na Índia, conta-nos a história trágica de amor entre o guerreiro Solor e a dançarina Nikia. Não sabia nada sobre a história antes de ir assistir, mas recebemos um folheto com uma sinopse de cada acto antes de entrarmos na sala (o que me deu imenso jeito digo já).

 

Sei que isto é dizer pouco, mas, na altura, nunca tendo assistido a um bailado (nem ao vivo nem no youtube), fiquei maravilhada. Para muitas pessoas talvez fosse apenas mais um bailado, ou apenas mais uma versão da Bayadère, das 354 que já tinham visto, mas para mim foi a primeira vez.

 

E na verdade, penso que é para pessoas como eu que os artistas se esforçam tanto. Estes bailarinos executam a mesma história, com as mesmas coreografias vezes e vezes em conta, mas haverá sempre uma alminha (criança no tamanho ou no coração) para quem todo aquele mundo vai parecer diferente e mágico e, por isso todas as noites eles têm de dar o seu melhor.

 

Não sei bem explicar o que senti enquanto estava sentada naquela sala abafada a assistir ao meu primeiro bailado, posso apenas dizer que o ballet não é só para alguns: é para todos. Se nunca foram ver um bailado, pois têm medo de não compreender ou não gostar, sigam o meu conselho e comprem um bilhete. Tenho a certeza de que não se vão arrepender.

 

Resultado de imagem para la bayadère cnb

Fonte da imagem

 

PS: No passado dia 18 de Novembro (Sábado) a RTP2 transmitiu uma performance incrível da Bayadère no teatro Mariinsky. Se tiverem gravações automáticas podem ir ver e maravilhar-se!

Diário de uma Bailarina #10 | Progressos

A última aula de ballet foi particularmente exigente, mas sinto que cada vez estou a progredir mais. A minha meia ponta já está mais alta e também já aguento mais tempo no equilíbrio (yupi!). Quando fazemos retiré ainda fico com receio de tirar a mão da barra, o que se revela sempre um medo irracional, porque se fizer força nos abdominais até que consigo aguentar com as mãos fora da barra. A aula de ontem também serviu para perceber que todo este tempo tive a fazer valsas mal *inserir carinha triste*. Isto porque, fnunca ninguém me tinha dito que era suposto esticar o pé à frente (o que é agora me parece bastante óbvio). O arabesque mantém-se o meu calcanhar de Aquiles (as dores senhor, AS DORES de costas que tenho por causa dos arabesques), mas a pouco e pouco vou lá. Afinal de contas, não posso esperar conseguir fazer logo uma perna magnífica em 90º se há um mês nem 40º fazia. No geral, sinto-me muito motivada com a minha evolução. Prevejo um futuro de pirouettes à minha frente!

 

Imagem de ballet and pink

 

Fonte da imagem

Onde aprender ballet (em Lisboa)?

Têm x anos, nunca fizeram ballet na vida e querem começar? Fizeram ballet durante x anos, acham que já se esqueceram de tudo e querem voltar? Então este post é para vocês lindas bailarinas (e bailarinos)! Aqui reúno uma lista de escolas na zona de Lisboa onde se pode aprender ballet para adultos. Espero que vos seja útil!

 

Espaço Dança Palmira Camargo

Morada

Rua Vítor Hugo, 4c, 1000-294 Lisboa (Areeiro)

Preçoshttps://www.palmiracamargo.com/copia-informacoes-modalidades-crian

Sitehttps://www.palmiracamargo.com/

Resultado de imagem para palmira camargo 

 

Escola de Dança Ana Köhler

Morada: R. Luís Pastor de Macedo Lt 25A, Lisboa (zona da Quinta das Conchas)

Preços: http://www.edak.pt/modalidades/precario/

Site: http://www.edak.pt

Resultado de imagem para ana kohler escola dança

 

DanceSpot

Morada: Rua Fernando Vaz nº10 B, 1750-108 Lisboa (Campo Grande | Lumiar) & Rua Marquês da Fronteira 76 A, 1070 - 299 Lisboa (Amoreiras | Campolide)

Preços: http://www.dancespot.pt/11/precario.htm

Site: http://www.dancespot.pt

 

Resultado de imagem para dancespot

Jazzy Dance Studios

Morada:

Santos: Rua da Cintura do Porto a Santos, Armazém J , 1200-109 Santos | Lisboa
Saldanha: Rua Almirante Barroso 52A , 1000-013 | Lisboa
Almada: Av. Jorge Peixinho, Estação Ferroviária do Pragal, Loja 42 , 2805-059 | Almada

Preços:http://www.jazzy.pt/pt/precos

Sitehttp://www.jazzy.pt

Resultado de imagem para jazzy dance studios

ProDança

 

Morada: Rua São Domingos à Lapa, 8 - N, 1200-835 Lisboa (zona da Lapa/Santos-o-Velho)

Preços: Não estão no site, têm de entrar em contacto para saber.

Sitehttps://www.prodanca.pt/

 

Projecto Dançar

Morada: Estrada da Pontinha, nº7, (Junto ao Metro da Carnide), 1600-583

Preçoshttp://www.projectodancar.pt/tablet/pre%C3%A7os.html

Sitehttp://www.projectodancar.pt/tablet/index.html

 Resultado de imagem para projecto dançar

 

Dance Etc.

Morada: R. 4 de Infantaria 86, 1350-091 Lisboa (Campo de Ourique)

Preços: Não estão no site, têm de entrar em contacto para saber.

Sitehttp://www.danceetc.pt/

Resultado de imagem para dance etc

 

NOTA: Não fui paga por nenhuma destas escolas para fazer divulgação das mesmas aqui no blog. Também não conheço todas estas escolas em pessoa, nem fiz lá aulas. Esta lista resulta apenas de pesquisa que fiz por iniciativa própria para ajudar todos aqueles que moram/trabalham em Lisboa e têm interesse em iniciar ballet na idade adulta. Como tal, não me responsabilizo caso as aulas não sejam do vosso agrado ou não correspondam às vossas expectativas. 

Diário de uma Bailarina #9 | Pas de Quatre do Lago dos Cisnes

Ultimamente tenho andado com a música do pas de quatre do Lago dos Cisnes na cabeça. A verdade é que, por muito cliché que seja, este é um dos meus bailados preferidos. Esta coreografia é também uma das minhas preferidas de sempre. A força de pernas, a velocidade e a sincronização entre as quatro bailarinas deixa-me sempre inspirada e espantada com todo o trabalho que está por detrás do palco. Deixo abaixo o vídeo de uma das melhores versões de sempre (olhem-me para a marcação de cabeça! Tão perfeitas *suspiro*).

 

SOBRE MIM

Sonhadora a tempo inteiro & blogger em part-time. Adora livros, antiguidades e flores na cabeça. Escreve textos pseudo-românticos quando está para aí virada. É fã de dançar ballet na cozinha e cantar no chuveiro. O seu pé direito insiste em ser torto e não há como o emendar. Nunca diz que não a uma chávena de chá.
(+ sobre mim)

INSPIRAÇÃO

Read the Printed Word!

2018 Reading Challenge

2018 Reading Challenge
Lizzie has read 1 book toward her goal of 10 books.
hide

PARCERIAS

WOOK - www.wook.pt

SPREAD THE LOVE!

SweetStuff

DIREITOS DE AUTOR

Copyrighted.com Registered & Protected 
QN4I-DSYS-H5TY-JBME