Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Stuff

"Who in the world am I? Ah, that's the great puzzle!"

Diário de uma Bailarina #7 | As mãos

Desde que comecei a fazer ballet deparei-me (como seria de esperar) com várias dificuldades.

No entanto, aquela que mais persiste é sem dúvida a posição das mãos e dos braços. É tão difícil fazer com os movimentos dos meus braços e mãos pareçam fluídos em vez de robóticos. Tenho tentado combater a minha falta de formação mais técncia fazendo pesquisa e procurando livros sobre ballet. Aos poucos chego lá. 

 

Imagem de ballet, dance, and ballerina

Diário de uma Bailarina #6 | Livros sobre Ballet

Sendo eu uma amante de livros, não seria de espantar que, após alguns meses a praticar ballet, a minha vontade de agarrar em literatura sobre o assunto surgisse certo? Hoje mostro-vos alguns livros sobre ballet que tenho debaixo de olho. 
Books about Ballet
 

I. Apollo's Angels: Tal como o subtítulo sugere esta obra conta a história do ballet desde os seus primórdios até à actualidade. Fiquei com muita curiosidade, dado que sei muito pouco sobre as origens desta forma de arte.

 

II. Taking Flight: A única biografia da minha lista conta a história de uma menina orfã que, contra todas as probabilidades, se tornou uma bailarina de renome internacional. Apesar de, normalmente, não gostar muito de biografias, este parece-me ser um exemplo inspirador.

 

III. The Ballet Companion: Este é um livro técnico que explica tudo o que há para saber sobre ballet. Uma espécie de Bíblia sobre o assunto, estão a ver? Ideal para uma débutante, como eu, que ainda tem muitas dúvidas sobre passos e posições.

 

IV. Bolshoi Confidential:Outro livro histórico. Este foca-se especificamente na história do emblemático teatro Bolshoi na Rússia.

 

V. Bunheads: Passando aos livros de ficação temos um YA que promete ser muito fofinho e pouco aborrecido. Já há algum tempo que tenho curiosidade em lê-lo.

 

VI. Dancing Through Fire: Este livro combina duas coisas que eu adoro: Ballet e quadros do Degas. Para quem não sabe, Degas  foi um importante impressionista, muito conhecido pela sua obsessão em pintar bailarinas.

 

*Para saberem onde comprar estes livros, basta clicarem no link de cada título*

Diário de uma Bailarina #5

Dentro de poucos dias vou assistir ao meu primeiro bailado clássico! Ver bailarinas profissionais a dançar nos seus tutus e sapatilhas de pontas é algo com que sonho desde pequenina. O bailado que vou ver chama-se La Bayadère e será interpretado pela Companhia Nacional de Bailado. Tenho grandes expectativas que com certeza não serão goradas. Mal posso esperar para vos contar tudo!

 

Resultado de imagem para la bayadère cnb

Diário de uma Bailarina #4

Na última aula aprendi um passo novo: o passo de valsa! Ao início não estava a perceber nada daquilo, depois lá lhe apanhei o jeito. Ainda assim, vou ter de treinar mais cinquenta mil vezes para fazer aquilo a uma velocidade "normal".. Estou feliz por finalmente estarmos a fazer menos exercícios na barra e a começarmos a trabalhar mais no centro. Entretanto ainda sou uma mera iniciante que suspira ao ver os grand battements ridiculamente perfeitos da professora. (Aquela mulher tem de ser feita de borracha, não há outra explicação!).

 

Imagem de dance, ballet, and dancer

Diário de uma Bailarina #3 | Ballet em casa

Há duas semanas não tive ballet, porque a professora teve de faltar. Não querendo passar a semana toda "mole" decidi ir procurar vídeos de ballet no youtube. Já conhecia o canal Psyche Truth, por causa dos seus vídeos de dicas para melhorar a flexibilidade, mas não sabia que eles tinham vídeos totalmente dedicados ao ballet!

Achei os vídeos bastante fáceis de seguir e sinceramente, penso que qualquer um pode fazer em casa. Fiz os dois vídeos que vos deixo em baixo, caso queiram experimentar recomendo vivamente. Agora estou entusiasmada para fazer ballet em casa aos fins-de-semana, vamos lá ver como corre!

 

 

Diário de uma Bailarina #2

Esta segunda aula já foi bem melhor que a primeira! Não me senti tão atrapalhada como na semana passada e a professora também não foi tão exigente. Consegui finalmente decorar alguns nomes que antes me pareciam chinês: cou-de-pied, ports de bras (já aprendemos dois, mas costumamos fazer sempre o primeiro), dégagé, entre outros. Estou muito feliz por já ter comprado o fato de ballet!!! Já tenho o maillot preto, a saia de trespasse, os collants rosinha amoroso e as minhas sapatilhas mega confortáveis. O fato foi comprado na Decathlon, mas as sapatilhas comprei na BalletShop, uma loja especializada com um serviço excelente e, pelos vistos, muito bons produtos. Após ter experimentado todos os modelos disponíveis na Decathlon e literalmente TODOS me deixarem com o pé estrangulado, fiquei um pouco preocupada que os meus pés largos não tivessem sido feitos para dançar ballet. No entanto, assim que experimentei as sapatilhas da BalletShop senti um alívio total, são super confortáveis, práticas e bonitas, tudo o que eu estava à procura. Agora já vou entrar no estúdio toda vestida a rigor, mal posso esperar.

 

Imagem de ballet, dance, and ballerina

ABOUT ME

Sonhadora a tempo inteiro & blogger em part-time. Adora livros, antiguidades e flores na cabeça. Escreve textos pseudo-românticos quando está para aí virada. É fã de dançar ballet na cozinha e cantar no chuveiro. O seu pé direito insiste em ser torto e não há como o emendar. Nunca diz que não a uma chávena de chá.
(+ sobre mim)

DAILY LOVE

Read the Printed Word!

2017 Reading Challenge

Dizzy Lizzie has read 0 books toward her goal of 10 books.
hide

PARTNERS

WOOK - www.wook.pt

SPREAD THE LOVE!

SweetStuff