Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Stuff

Neste blog fala-se sobre livros, viagens, ballet e muito mais.

Qua | 30.07.14

Goodbye July!

Entre praia, piscina, passeios e concertos lá se passou o meu mês preferido.

Querido Julho, encontramo-nos para o ano!

 

 

1 - Passeio na Serra da Arrábida

2 - A piscina do apartamento em que fiquei no Algarve;

3 - E a vista linda que havia do apartamento;

4 - Os almoços na varanda (que saudades);

5 - Optimus Alive!

6 - Nem sei vos dizer se isto é Arctic Monkeys, Black Keys, Foster the People ou nenhum dos anteriores;

7 - Au Revoir Simone!

8 - E as meninas Au Revoir Simone vistas da 1ª fila.

 

Desejo-vos a todos um excelente mês de Agosto!

(Não sei se vou conseguir publicar amanhã porque faço anos e vou estar fora o dia todo.)

Qui | 24.07.14

100 Happy Days - Finalmente aceitei o desafio!

Um amigo meu falou-me deste projecto ainda estávamos em Janeiro. Foi num dia em que eu estava triste e desanimada e apesar do conceito até me parecer interessante, na altura não tive paciência para olhar duas vezes para aquilo e acabei por não participar. O tempo foi passando e passando, entretanto muitas bloggers que sigo começaram o desafio e hoje decidi finalmente juntar-me ao projecto.

Em princípio vou partilhar os meus clicks diários no flickr e depois semanalmente reúno as fotografias e mostro-vos aqui no blog.

Desejem-me boa sorte e se também estiverem a fazer o 100 Happy Days partilhem as vossas fotografias comigo!

Qua | 23.07.14

O amor pelo instantâneo

Que eu adoro fotografar e que tenho uma paixão enorme por fotografia analógica já não deve ser novidade nenhuma para quem costuma andar por aqui. Um facto que talvez desconheçam é o meu amor (igualmente gigante) pela fotografia instantânea.

Há muito tempo que sonho ter uma Polaroid nas minhas mãos, no entanto as "folhas" para a máquina são muito caras e para quem gosta de fotografar pequenos detalhes do quotidiano e leva a câmara para todo o lado como é o meu caso, fotografar com uma polaroid torna-se um hobby um bocadinho insustentável.

Assim, de há uns tempos para cá, comecei a procurar soluções mais económicas e é claro que me encantei com a prática e colorida Instax Mini da Fujifilm.

Untitled

Cheguei a pensar em comprá-la no entanto, apesar do preço não se comparar ao de uma polaroid, a verdadade é que achei o tamanho das fotografias muito reduzido. Para retratos é perfeito, mas para fotos de corpo inteiro, grandes planos ou fotos de grupo o facto de ser vertical não se adequa muito.

Assim, aventurei-me pelo site da fujifilm para ver as opções que me restavam, e foi então que dei de caras com a Instax 210.

A câmara é grande, muito maior que a instax mini, e por isso não muito prática para transportar no entanto é mais barata que a instax 8 (pelo menos na worten) e tira fotografias com o dobro da largura. Decidi então pedi-la como presente para o meu aniversário pois parece satisfazer exactamente as minhas necessidades! Fingers crossed para que esteja nas minhas mãos no final deste mês, se não é poupar para a poder adquirir :)

 

Utilizam máquinas instantâneas? Qual é o vosso modelo preferido? Contem-me tudo nos comentários!

 

Sab | 19.07.14

Ser voluntário ✓

Como alguns de vocês sabem, este ano estive presente em todos os dias da 10ª edição do Rock in Rio Lisboa.

Porque sou rica e gosto de comprar bilhetes a torto e a direito? Naah. Porque sou uma sortuda que me oferecem bilhetes para festivais todos os anos? (Quem me dera) mas não. Porque nunca tinha feito voluntariado em eventos e inscrevi-me e espera-aí-parece-que-até-fui-seleccionada? É, parece que sim.

Como já muitos me tinham pedido (e eu também já tinha prometido) hoje venho-vos falar da minha experiência como voluntária no Rock in Rio Lisboa.

 

Be the change.

Uma das minhas frases preferidas de sempre pertence ao grande Mahatma Gandhi e é qualquer coisa como: "Be the change that you wish to see in the world."Acho que não há melhor frase que ilustre o verdadeiro significado do que é ser voluntário. Fazer voluntariado é mesmo uma experiência super gratificante. Uma das melhores sensações do Mundo é sabermos que estamos a ajudar os outros, que estamos a fazer a diferença. Talvez não em  tooodo o Mundo mas no Mundo daquele alguém, no Mundo daquela pessoa. Somos a mudança.

 

 

Life imitates art | via Tumblr

 

Passando à minha experiência pessoal:

Fui seleccionada para a área de Gestão de Público, o que significa que em termos práticos tive de:

 

- Dizer às pessoas "circule, que as entradas têm de estar livres" (não exactamente desta forma mas vocês perceberam a ideia);

- Dar pulseirinhas e preencher com os dados dos encarregados de educação para as crianças não se perderem;

- Picar bilhetes;

- Sorrir;

- Meter conversa com os coordenadores e os seguranças (opcional).

 

À partida as tarefas que fiz não parecem ser nada de especial (eu também não achei que fossem enquanto as executava) mas a verdade é que um evento desta envergadura só funciona com trabalho de equipa, com interajuda e com o empenho e vontade de todos.

Gostei muito de ter feito parte de algo tão especial. Conheci pessoas novas, aprendi bastante e ainda tive a oportunidade de assistir a muitos e bons concertos. Que mais poderia eu pedir? :)

 

Já fizeram voluntariado? Contem-me as vossas experiências!

 

Pág. 1/2