Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sweet Stuff

Neste blog fala-se sobre livros, viagens, ballet e muito mais.

Seg | 18.02.19

DEIXEI DE PEDIR DESCULPA POR SER EU PRÓPRIA

kalen-emsley-94317-unsplash.jpg

 

O amor-próprio deve ter sempre lugar e isso é algo em que tenho tentado trabalhar nos últimos meses. Neste processo de ter mais auto-estima e confiança deparei-me com o facto de que, à semelhança de muita gente, costumava justificar constantemente os meus comportamentos para pessoas que nem mereciam a minha atenção. Estou a tentar deixar esse hábito e parar de pedir desculpa por ser como sou. Assim, este post serve como um lembrete para nunca me esquecer que deixei de pedir desculpa por...

 

ser vegetariana

olhar para os ingredientes das embalagens com minúcia

gostar de manhãs 

deitar-me cedo

gostar de ficar sozinha de vez em quando

ver filmes antigos românticos

comentar erros em legendas da tv

e ser uma nazi da gramática no geral

entusiasmar-me muito com pessoas de quem gosto

mas não ter paciência para pessoas que não me dizem nada

não beber álcool

e não precisar de álcool para dançar

gostar de praia no inverno

e evitá-la no verão

viver os livros com uma intensidade desmesurada

e querer falar deles como se não houvesse amanhã

ficar deprimida sem razão aparente

precisar de correr e sentir o vento na cara de vez em quando

ser muito próxima à minha família

gostar de contar histórias de infância com grande detalhe

ficar ofendida quando colocam em causa a minha competência

o meu valor

ou aquilo que tenho a certeza estar correcto

chorar

ter uma opinião diferente da maioria

ser fiel aos meus princípios

colocar a minha saúde mental em primeiro lugar

dizer que não

Deixei de pedir desculpa por ser eu própria.

10 comentários

Comentar post