Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Stuff

Neste blog fala-se sobre livros, viagens, ballet e muito mais.

09.09.21

SÃO SÓ COISAS...CERTO?

uma divagação pouco científica sobre consumo

fonte: New York Magazine Escrevo este post sentada à minha secretária. Não deitada num colchão estendido num sótão húmido, ou numa mesa de campismo enterrada na lama. A partir de uma secretária: isto sim, é um verdadeiro luxo. Se há coisa que fazer obras e/ou mudanças nos mostra é a quantidade absurda de objectos que possuímos. Sim, tive saudades de ter mobília (minha querida estante), mas apercebi-me que uma pessoa consegue sobreviver sem grande parte das coisas que julga (...)
20.04.21

DAS PAUSAS MERECIDAS 🌼

Depois de semanas a sentir-me assoberbada, permite-me finalmente passar um fim-de-semana de puro descanso, longe de responsabilidades e trabalho. Fez-me tão bem. Deitei-me na relva, ri, comi biscoitos, apanhei sol, ouvi os cucos, dei caminhadas. Também comecei a ouvir o The Enchanted April e não estou a gostar tanto como achava, mas nem isso me apoquentou. Agora vou enfrentar o resto da semana com a mente revigorada, aproveitando as maravilhas com que a Primavera nos presenteia. :)
16.03.21

BEM-VINDAS DE VOLTA 📚

Bem-vindas de volta bibliotecas, bem-vindas de volta livrarias, as saudades que eu já tinha de vos visitar! Planos para esta semana incluem reservar uma quantidade ridícula de livros da biblioteca e fazer um passeio às livrarias do meu coração. E vocês, já voltaram a visitar as casas dos livros? :)
10.03.21

E TU, ONDE ESTAVAS NO 11 DE MARÇO?

A fazer este mês um ano desde o primeiro confinamento, dei por mim a pensar como o dia 11 de Março está para mim como um 11 de Setembro. Não estou a tentar comparar a natureza trágica destes dois episódios. Porém, o dia em que a OMS declarou a pandemia, ficou marcado na minha vida como um momento em que o mundo que eu conhecia se alterou para sempre. Tal como se sucedeu no 11 de Setembro de 2001, mas, desta vez, de uma forma muito mais pessoal. Há um ano estava na paragem do (...)
22.02.21

S(H)ELF-CARE É O QUE SE QUER

Depois do desabafo deste post tenho-me sentido muito melhor (e, já agora, o meu obrigada a todos os que continuam a enviar-me mensagens de apoio. Vocês são uns queridos ❤️). Apercebi-me que uma boa dose de self-care é algo de que estava a mesmo a precisar e, por isso, tenho tentado implementar pequenas mudanças no meu dia-a-dia que ajudem a melhorar a minha saúde mental. Voltei às tranças e aos lacinhos (para variar de ter o cabelo sempre apanhado num trambolho) e tenho feito (...)