Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Stuff

livros, música e desabafos vários.

09.05.22

QUANDO O MOTIVO ME ENCONTRAR

vou pensar em assentar

E o quão bom é ter um dia ok depois de dias de total desespero? Conseguir assentar a mente macaca depois de um furacão mental? Bem bom, como diriam as Doce. Há coisas que nunca mudam e Maio é uma delas. Mês de aniversários, sol, mais trabalho, sim, mas também de sonhar acordada com a perspectiva de férias. Quando consigo reconciliar-me com o facto de que a minha vida será sempre altos e baixos e manutenção constante, permito-me ser feliz. Nos momentos mais angustiantes vou-me (...)
19.04.22

VENTOS DE MUDANÇA 🍃

Fotografia: Chloe Aftel Cansada, mas ainda ando por aqui. A ler coisas (algumas desilusões, outras surpresas agradáveis), a enganar-me em datas de aniversário (fazendo um eye roll a mim própria) e a cuscar os vossos blogs nas brechas do quotidiano. Depois de uma pausa para a Páscoa, entrei em ritmo frenético e ainda me estou a tentar ajustar novamente à realidade. Lembro-me muitas vezes daquela frase da Annie (...)
02.03.22

BAGAGEM EMOCIONAL

  As pessoas falam do processo de cura emocional como se fosse linear. A verdade é que é um comboio que ora vai adiante, ora recua. Há dias em que não só quero que o comboio pare, como quero muito voltar atrás. Nessas alturas, fico presa ao passado e a velhos hábitos prejudiciais. Podem ser nocivos, mas são familiares, por isso é fácil agarrar-me a eles. Por fim, surge algo que nos puxa de volta ao aqui e agora. Entramos novamente no comboio, mais calmos, mais acidentados, mas (...)
15.01.22

AS MINHAS (ANTI) RESOLUÇÕES DE ANO NOVO

January 2, 1931: Here are my resolutions for the next 3 months; the next lap of the year. To have none. Not to be tied. To be free & kindly with myself, not goading it to parties: to sit rather privately reading in the studio. (...) Sometimes to read, sometimes not to read. To go out yes—but stay at home in spite of being asked. As for clothes, to buy good ones. ~ Virginia Woolf Inspirada pela Virginia Woolf (...)